Em destaque

Autor da Bookess recebe o prêmio Literarte de Cultura 2013!

 João Drummond, autor da Bookess, recebe o prêmio Literarte de Cultura 2013. O Prêmio tem por objetivo valorizar a cultura brasileira adaptada à atual sociedade e  nasceu para auxiliar os escritores e artistas plásticos a apresentar suas criações e obras ao público, propagando sua produção...

Leia mais

Dicas para desenvolver a criatividade

Por bookess | Postado em Dicas | em 17-10-2014

265

Um elemento essencial para os escritores conseguirem continuar seu trabalho e produzir mais é a criatividade! Sem ela, na maioria das vezes, o trabalho fica estagnado, decepcionando os autores e o trabalho.

Algumas pessoas têm muita facilidade em encontrar a criatividade. Outras, já nem tanto. Porém, para aqueles que possuem dificuldade, há maneiras de facilitar esse processo.

Aqui vai uma lista tanto para autores experientes quanto inexperientes desenvolverem a criatividade:

Envolva-se com pessoas criativas. Trabalhar ao lado de pessoas criativas é uma excelente maneira de estimular esta características. Até mesmo estar num ambiente criativo já ajuda a trazer a criatividade à tona.

Conheças novas vertentes. Não se prenda somente ao assunto que você está escrevendo. Expanda seu repertório. Se você gosta de romances policiais, tente ler um romance medieval. Esse tipo de mudança pode tirar seu cérebro da acomodação.

Avise seu cérebro. Tente criar uma rotina para o seu cérebro, assim ele saberá a hora de escrever. Por exemplo, corra todas as manhãs antes de começar a escrever. Ou até mesmo tome uma xícara de café. Dessa maneira, o seu cérebro interpretará essa ação como um aviso de que está chegando a hora de trabalhar.

Conheça novas pessoas. Ainda seguindo o raciocínio das novas vertentes, conheça novas pessoas. Novos pensamentos e perspectivas são fundamentais para se manter criativo. Um hábito interessante de ser desenvolvido é o de conversar na fila do supermercado ou banco, por exemplo. Essas conversas podem até extrair personagens bastante interessantes.

Descanse seu cérebro. Por mais que seja importante mantê-lo em atividade, sempre existe a hora de descansá-lo. Ele precisa de um tempo para assimilar tudo o que foi exposto. Se não, uma desordem poderá se estabelecer.

Câmeras. Registre momentos interessantes do seu dia. Leve consigo algo para registrar, seja um celular ou realmente uma máquina digital, observe as paisagens e ambientes, gravando aquilo que merece ser guardado.

Escreva todos os dias. Para não entrar em um estado de atrofiamento, escreva todos os dias. Mesmo que sejam pequenos textos ou versos, não perca o costume de ler. Dê ao seu cérebro um exercício diário de criatividade.

Registre as novas ideias. E por último, coloque elas no papel. Pode ser a ideia mais boba que você já teve, escreva ela da mesma maneira. Uma alternativa é separá-las por categoria: “vilões”, “mocinhos” etc. Dessa maneira mais organizada, você poderá ter uma visão mais clara do que você criou e até mesmo descobrir que as ideias perdidas podem ser, com certeza, encaixadas umas nas outras.

Fonte:  Corrosiva.

9 maneiras para aumentar a venda de seus livros!

Por bookess | Postado em Dicas | em 03-10-2014

0

13084859594_8e4f9c4fff_b

1. A capa pode ser um certificado de qualidade para seu livro. Os leitores, em sua maioria, julgam o livro pela capa. Encontrar um leitor que não faça isso é como ganhar na loteria do mercado literário. Portanto, certifique-se de que a capa de seu livro é bonita, com um bom acabamento e atraente. Se a capa não tiver qualidade, as chances de os leitores duvidarem da qualidade do seu livro são grandes.

2. Instigue o leitor através da sinopse. O primeiro passo, que é atrair o leitor pela capa de seu livro, você já conseguiu. Agora você precisará cativá-lo através da sinopse. Use poucas frases, escrevendo uma sinopse que revele o necessário para instigar o leitor a comprar o seu livro.

3. Use as orelhas sem moderação. Se o seu livro tiver orelhas, aproveite o uso de uma para colocar uma descrição do seu livro que seja igualmente cativante como a sinopse. Nela, você poderá colocar um pouco mais de informações ou citações críticas positivas sobre o seu livro. O mesmo se aplica se você estiver vendendo seu livro virtualmente. No seu website, crie uma descrição sobre a natureza do conteúdo de seu livro, dê mais detalhes ou mais informações do que havia dado na sinopse. O importante é não tornar a descrição uma cópia da sinopse.

4. Agora, fale de você. Os leitores gostam de conhecer o autor quando compram um livro. Escreva uma biografia sobre você que deixe os leitores intrigados. Por exemplo, o que em suas experiências pessoais pode fazer as pessoas quererem ler o que você tem a dizer?

5. Os links são seus melhores amigos. É normal o leitor estar buscando alguma coisa e acabar esbarrando em uma página sua, seja sua página pessoal ou do seu livro. Aproveite isso! Em sua página pessoal, coloque um link para a página do seu livro, e na página do seu livro, coloque um link para a sua página pessoal. Por mais que ele possa não estar preparado para adquirir seu livro, ele pode conhecer mais sobre você e sobre o seu trabalho, acompanhando as atualizações de conteúdos sobre o que você escreve e publica. Também não se esqueça de sempre inserir links da página do seu livro em e-mails, postagens e redes sociais. É interessante também você inserir um link da página do seu livro na assinatura do seu e-mail, pois ele pode acabar chegando a várias pessoas.

6. Informe os leitores de como eles podem te ajudar ao adquirir o seu livro. Se você vende seu livro em uma plataforma na qual ganha uma porcentagem maior de royalties, como a Bookess, informe para os seus leitores. Se eles gostarem do seu trabalho, vão querer apoiar você e comprarão seu livro na loja ou plataforma onde você se beneficia mais.

7. Abuse da variedade de formatos. Na Bookess, além de você poder disponibilizar o seu livro para venda no formato impresso, você também pode vendê-los nos formatos digitais de ePUB, mobi e PDF. Quanto mais formatos para o seu leitor, melhor!

8. Ofereça uma variedade de livrarias para o seu leitor. Em alguns casos, pode ser que a livraria que você vende seus livros trabalhe de uma forma que não beneficia o leitor, seja na entrega, na forma de pagamento, ou qualquer outro problema. Por isso, procure disponibilizar seu livro em mais livrarias. Antes o leitor comprar em outra livraria (que talvez não te dê uma porcentagem de royalties maior ou igual a outra) do que desistir da compra.

9. Seus leitores podem ser as melhores pessoas para ajudar na divulgação do seu livro. Você pode pedir para que eles ajudem você compartilhando o link do seu livro através dos ícones de social media, como também pedir para que, ao final da leitura, eles realizem uma resenha sobre o seu livro e que compartilhe nas redes sociais.