Em destaque

Presente de criança

O dia do aniversário de qualquer pessoa é uma data sempre muito  especial, por mais que algumas pessoas tentem negar esta verdade. Ganhar um presente nesta data torna o dia ainda mais marcante.Para oferecer um mimo exclusivo aos filhos de amigos, o escritor William Faulkner escreveu o livro A Árvore...

Leia mais

Os Games na Sala de Aula

Por bookess | Postado em Entrevistas | Em 25-09-2017

Tags:, , , ,

41

Cristiano Tonéis transformou prazer e lazer em conhecimento e buscou na docência um desafio de mudar o ensino por meio dos Games. Seu esforço teve enorme reconhecimento e foi vencedor do prêmio Tese 2016 da CAPES  — Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – na categoria Ensino. Hoje já faz seu pós-doutorado na UNESP e acaba de lançar Os Games na Sala de Aula, pela editora Bookess.

O autor conversou com o Blog sobre desafios do professor em sala de aula e perspectivas no ensino brasileiro. Também nesta 6ª, 29 de setembro, às 11h, Cristiano fará um Webinar ao vivo na Livraria Internacional SBS. Clique aqui e inscreva-se ➡️ https://goo.gl/zY4DtJ

Blog – Qual foi sua primeira experiência com jogos? Em que ano foi isso?

Cristiano Tonéis – Como jogador, meu primeiro contato foi com o ATARI 2600; na minha cidade (Iacanga, SP) chegou por volta de 1990; um primo tinha o videogame e jogávamos aos finais de semana.

O que fez despertar em você o interesse pelo estudo dos games?

Minha primeira formação é como técnico em processamento de dados, ou seja, fui programador de computadores (trabalhei nessa área até o ano 2000, aproximadamente) Nesse período eu cursava minha graduação em Licenciatura em Matemática (UNESP – Bauru) e algo que sempre esteve presente, então foram as tecnologias digitais e matemática. Vivenciei a chegada e popularização dos micro computadores no Brasil (1996) antes disso apesar que estarem disponíveis eram muito caros e poucas pessoas tinham condições de manter um computador em casa. Porém, na faculdade tínhamos um laboratório e apesar de não existirem jogos no espaço oferecido pela Universidade eu me interessava pela relação computação/matemática e então ao procurar um curso de mestrado em São Paulo (em 2008) por meio de uma conversa com meu ex orientador do mestrado Prof. Luis Carlos Petry (PUCSP) surgiu o assunto GAMES e Matemática, e então, a série de jogos Myst que foram minha aventura no mestrado. Depois no Doutorado eu propus uma metodologia para criação de games epistemológicos de modo multidisciplinar.

Explique qual a diferença entre Games na Educação e Gamificação do ensino?

É importante compreender a linha tênue que pode existir entre essas duas experiências possíveis também para os processos de ensino. Uma das principais diferenças está na liberdade, ou seja, um game é uma atividade livre (por adesão) eu jogo porque quero jogar! Enquanto que a gamificação, em geral, não apresenta liberdade. Outra característica da gamificação está no propósito: “mudar um processo”. Por isso envolve todo um estudo do processo que se deseja modificar, bem com dos personagens presentes ou envolvidos e o que se deseja ao final, tudo precisa ser muito claro.

Quanto ao game, mesmo que tenha propósitos educacionais, ainda deve proporcionar diversão e por isso precisamos “jogar e falar do jogo que jogamos” como qualquer outro game (jogadores falam dos seus jogos) pois nesse processo é que se encontra os caminhos para a produção de significados que vão além do próprio jogo pelo jogo.

A questão que se coloca é eu posso transformar um game em uma atividade gamificada? A resposta é pode! Se os jogadores forem obrigados a jogar, por exemplo, ou quando o “game” na verdade é um “quizz” e existe uma infinidade de maneiras de se perder as qualidades de game e o transformar em uma atividade, muitas vezes, enfadonha. Por isso o cuidado na escolha do game aliado aos objetivos e aspectos pedagógicos adjacentes.

Para as novas gerações digitais, a maioria dos professores é analógica?

Não acredito que a maioria seja analógico. O que presenciamos no nosso mundo é que ou somos nativos digitais ou somos imigrantes (isso implica em um maior ou menor grau de adesão às tecnologias digitais). O desafio, no meu ponto de vista, está no “ser com o outro” e o “ser com as tecnologias digitais”. Nesse sentido se faz necessária e urgente uma reflexão, o que proponho e faço no livro, de modo que possamos ampliar “nosso mundo vivido” com as tecnologias digitais. Não penso que minha reflexão seja absoluta ou chegue ao final com esse livro. Na verdade espero lançar um espaço para essa reflexão e que possamos agir com as tecnologias digitais também em espaços educacionais. Como diria John Dewey “A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida”. É nosso vida!

Recente pesquisa da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo com alunos da rede revela que 65% dos entrevistados dizem aprender mais com o uso da internet, e 59% apontam a importância do acesso ao laboratório de informática. Mais de 70% dos entrevistados tem entre 11 e 13 anos.  Em sua opinião, esse elevado índice por conteúdo tecnológico sensibiliza os professores ? Em quais aspectos práticos?

É um pouco assustador pensar em “laboratório de informatica” se a finalidade desse “local” for apenas “uma janela para a internet”. A ideia de laboratório de informatica , hoje, deveria ser pensada a partir do propósito de se produzir tecnologia e não apenas consumí-la. Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas até o final de 2017 o Brasil terá um smartphone por habitante (o que não significa que todos tenham celulares) mas denota o “consumo e o acesso” a essa tecnologia. Outra pesquisa do IBGE mostra que  “celular se consolida como o principal meio de acesso à internet no Brasil”. A questão está em como utilizar essa tecnologia e o que ela está oferecendo em termos de possibilidades e espaços para reflexão, o que é possível desenvolver, inovar e articular.

Agora, pensando na sua pergunta, temos uma lei federal (Lei Nº 4.131/2008) que proíbe  a utilização de celulares, videogames e “aparelhos eletrônicos” em escolas publicas ou privadas. Isso sim é um problema que impede o professor de se sensibilizar e repensar sua prática docente e sua própria vivencia “no ser com o digital”. Por isso se faz necessário uma reflexão séria e um olhar cientifico sobre as novas tecnologias. Digo científico não como algo abstrato, mas como novas possibilidades que emergem diante de nós!

Durante as aulas, o que passa pela cabeça do professor quando vê seus alunos mais interessados em seus smartphones?  Age ou reage? 

Se ao menos fosse “Age (of Mythology)”  eu ainda ficaria feliz 🙂 . Brincadeiras à parte quero dizer que a tecnologia já está lá, por que não podemos re-agir de modo que nossa ação seja transpassada por essa tecnologia? Não se trata aqui de “fazer as mesmas coisas só que agora com as tecnologias digitais”. Não! Se trata de mudar o agir, porque a tecnologia muda o meu “modo de ser no mundo” e isso engloba todo um novo universo de questões como “o que é avaliação? como avaliar? somente conteúdo e currículo resolvem tudo?” O que não podemos é continuar remendando retalhos. Toda inovação carrega consigo uma “nova ação”.

Nesse contexto, como você define autoridade docente em sala de aula?

Cada pergunta difícil professor! Vale nota? kkkk Vou buscar essa explicação na etimologia da palavra, o termo “autoridade” vem do grego exousia (εξουσία) que também pode ser traduzido por “poder”. Em termos gerais, exousia é a “liberdade para agir”. No latim não temos uma palavra com esse sentido e, por isso, como a língua portuguesa (“filha do latim”) também “bebeu nas fontes gregas”, no latim o mais próximo seria sinônimo de “poder” (latim auctorĭtas, -ātis), o que a meu ver se distanciaria e muito do que você quer perguntar!

Eu acredito que o professor, enquanto professor, precisa se sentir pronto para um contínuo exercício da produção de conhecimentos, superando desse modo as celeumas e quimeras do senso comum de “autoridade em sala de aula”.

Você pode citar algum resultado  de mudança significativa de criação de novos paradigmas educacionais por parte do Ministério da Educação ou mesmo das Secretarias Estaduais e Municipais de Ensino? 

O game “Trilha Cultural”, disponível para download gratuito nos sistemas Android e IOS, para todos os alunos da rede, é um projeto iniciado em 2016 e faz parte do projeto “Aprendendo com Arte”, realizado pela Fundação Volkswagen, em parceria com o Instituto Arte na Escola e o governo de São Paulo. Existem muitos projetos piloto, alguns eu inclusive cito no livro como o projeto NAVE (Núcleo Avançado em Educação) e inúmeros outros projetos e oficinas de produção de games com o scratch, por exemplo, ou o rpg maker, entre outros. No entanto essas ações governamentais são ainda tímidas e  isoladas, por isso a necessidade de irmos além.

Quais seus projetos futuros como professor? 

Meus projetos envolvem prosseguir em pesquisas que incentivem a proposta de games também em ambientes educacionais. Também começo a planejar e a pensar na presença dos games no ensino superior, uma nova aventura! Além disso, tenho o game que eu comecei a produzir, juntamente com um amigo, Gabriel Marques, professor de modelagem e animação 3D, em meu doutoramento, e que pretendo dar continuidade. Projetos não faltam e parcerias serão sempre bem vindas

Que recado você deixa aos seus colegas e alunos?

Não desanimar diante do tempo, às vezes “as coisas demoram para acontecer”. Fazer o que estiver ao nosso alcance, o possível. Um esforço conjunto certamente já é melhor que esforço algum ou apenas esperar. Olhar para o futuro é começar a agir agora e nunca deixar de buscar no passado e no presente as experiencias que estão acontecendo. Para ampliar nosso mundo vivido é necessário nos ampliarmos nele no mesmo movimento (de percepção a compreensão e expressão – linguagens) e nelas as linguagens das novas mídias (os games).

Espero que possa contribuir para essa dilatação em nosso mundo, pois somos co-sujeitos nesse processo. Vamos jogar?


Anote em sua agenda – Webinar com Cristiano Tonéis – 29 de setembro às 11h
OS GAMES NA SALA DE AULA: Games na Educação ou a Gamificação da Educação?
AUTOR: Cristiano N. Tonéis
EDITORA: Bookess
QUANTO: R$ 49,94 com frete gratuito (163 págs.)
ONDE COMPRAR: https://goo.gl/RJ5qeG

Comentários (41)

Sou mâe e sempre tive duvidas de como o “game” poderia ser utsado como ferramenta didatica. Otima entrevista, vou assistir ao evento e vejo que a SBS Livraria Internacional também tem 2 videos com o Cristiano em eventos no Youtube. Parabéns Cristiano e a Bookess por ter quedrado o paradigma de games e educação.

Obrigado Cintia!! Espero realmente que possamos ampliar nossa ação por meio dos games e compreender as diferenças entre os games e atividades gamificadas 😉

PARCERIA. USE E CRIE JOGOS EDUCATIVOS SEM CUSTO – CONVITE ESPECIAL. É COMPLETAMENTE GRÁTIS!
https://www.efuturo.com.br
Efuturo é uma Rede Social Educativa. DESENVOLVIDA POR EDUCADORES PARA PROFESSORES E ALUNOS. 09 a cada 10 visitantes retornam todos os dias!
Vantagens:
1º É uma rede social gratuita;
2º Você pode jogar centenas de jogos online que podem ser utilizados em diversos anos escolares e em diversas disciplinas (NÃO PRECISA FAZER O LOGIN PARA ISSO);
3º Você tem oportunidade para Personalizar seus Jogos com conteúdos próprios e poderá fazer sozinho ou junto com seus alunos. Construir o conhecimento com a tecnologia da educação.
4º Para Criar um jogo NÃO PRECISA SABER PROGRAMAR, tudo é muito simples e fácil.
5º Ao efetuar o cadastro e a cada primeiro login por dia, quando você faz amigos, quando coloca pela primeira vez sua foto de perfil e em outros casos você ganha NOSSA MOEDA VIRTUAL.
6º Com essa moeda virtual em breve você trocará por brindes, participação em sorteios, descontos em cursos online, livros, etc (portanto acumule a partir de hoje);
7º Muitos jogos podem ser baixados para serem utilizados em escolas sem Internet. Sabemos que essa é uma dificuldade de muitas escolas, por isso liberamos por um tempo essa ferramenta para que você baixe o jogo em um computador com Internet e compartilhe em sua sala de informática.
8º Os jogos rodam em celulares e tablets, então mesmo escolas que não possuem computador poderão realizar ações pedagógicas com o celular do professor ou alunos.
9º Temos um Espaço Literário para incentivar que alunos e professores tornem-se autores, publiquem e presenteie a Internet com lindos textos.
10º A CADA 10 VISITANTES, 09 RETORNAM TODOS OS DIAS. Então visite hoje mesmo e FAÇA PARTE DESSA REVOLUÇÃO EDUCATIVA.
E muito mais…
Cláudio Joaquim (Professor e Desenvolvedor do Efuturo)

All sorts of investments come with sure risks.

constantly i used to read smaller articles which also clear their motive, and that is also happening with this paragraph which I am reading at this place.

Hi there! Do you use Twitter? I’d like to follow you if that would be ok.
I’m undoubtedly enjoying your blog and look forward to new posts.

I like what you guys tend to be up too. This sort of clever work and coverage!
Keep up the awesome works guys I’ve included you guys to our blogroll.

This paragraph will assist the internet users for building up new website or even a blog
from start to end.

Excellent way of explaining, and pleasant paragraph to obtain information regarding my presentation focus,
which i am going to present in college.

We stumbled over here from a different web address and thought
I should check things out. I like what I see so i am
just following you. Look forward to going over
your web page for a second time.

If you wish for to get a great deal from this piece of writing then you have
to apply these strategies to your won website.

This is my first time pay a quick visit at here and i am
genuinely happy to read everthing at single place.

It’s really a great and useful piece of info. I am happy that you simply shared this
helpful information with us. Please keep us up to date like this.
Thanks for sharing.

Actually no matter if someone doesn’t be aware of afterward its up to other visitors that they will assist, so here
it occurs.

Great article! We will be linking to this particularly great post on our site.
Keep up the great writing.

And that is an funding risk value taking.

Whats up are using WordPress for your blog platform? I’m new to the
blog world but I’m trying to get started and set up my own. Do you need any coding expertise to make your own blog?
Any help would be really appreciated!

It is the best time to make some plans for the future and it is time
to be happy. I’ve learn this submit and if I may just I
wish to counsel you some fascinating things or advice.
Maybe you can write next articles relating to this article.

I desire to read even more issues approximately it!

I quite like reading a post that can make people think.
Also, many thanks for allowing me to comment!

Monetary advisors enterprise is people enterprise.

Wonderful blog! I found it while searching on Yahoo News.
Do you have any tips on how to get listed in Yahoo News?
I’ve been trying for a while but I never seem to get there!
Many thanks

I need to to thank you for this very good read!! I absolutely loved
every bit of it. I have got you book marked to check out new stuff you post…

Hi, I do believe this is a great blog. I stumbledupon it 😉 I am going
to return yet again since i have book marked it.
Money and freedom is the greatest way to change,
may you be rich and continue to guide others.

It is the best time to make a few plans for the long run and it’s time
to be happy. I have read this post and if I may
just I desire to counsel you some fascinating issues or tips.
Maybe you can write subsequent articles regarding this
article. I want to read more things about it!

Wonderful story, reckoned we could combine a few unrelated information, nevertheless seriously worth taking a search, whoa did one find out about Mid East has got extra problerms as well.

Pretty! This has been a really wonderful post. Thank
you for providing this info.

Hey there! I’m at work browsing your blog from my new apple
iphone! Just wanted to say I love reading your blog and look forward to all your posts!
Carry on the outstanding work!

I got this site from my friend who informed me about this web page and at the moment this time I am visiting this site and reading very informative posts here.

Ahaa, its good conversation about this piece of writing at this place
at this blog, I have read all that, so now me also commenting at this
place.

although internet sites we backlink to beneath are considerably not connected to ours, we really feel they’re really worth a go as a result of, so have a look

Its such as you read my mind! You seem to understand a
lot about this, such as you wrote the e book in it
or something. I think that you simply could do with some
% to drive the message house a little bit, but other than that, that is wonderful blog.
An excellent read. I’ll definitely be back.

I’m no longer sure the place you’re getting your info, but good topic.
I must spend some time learning much more or figuring out
more. Thank you for great info I used to be looking for this info for my mission.

Hello! I’ve been following your blog for a while now and finally got the courage to go ahead and give you a shout out from New Caney Tx!

Just wanted to say keep up the excellent job!

These are really enormous ideas in on the topic of blogging.
You have touched some nice points here. Any way keep up wrinting.

please stop by the web pages we follow, like this 1, because it represents our picks in the web

usually posts some quite intriguing stuff like this. If youre new to this site

Sites of interest we’ve a link to

Contemplate investments that provide quick annuities.

Heya i am for the first time here. I came across this board
and I find It really useful & it helped me out much. I hope to give something back and help others like you aided me.

just beneath, are various completely not connected web pages to ours, having said that, they may be surely really worth going over

Hello, just wanted to say, I enjoyed this blog post.
It was funny. Keep on posting!

Deixe seu comentário