Em destaque

Polêmico, o Novo Acordo Ortográfico só entrará em vigor em 2016

Depois de muitas discussões a presidente Dilma Roussef decidiu prorrogar por mais três anos a entrada em vigor, em caráter definitivo, do novo Acordo Ortográfico da língua portuguesa. Com o novo decreto, as regras do novo acordo deverão ser seguidas, obrigatoriamente, a partir de 2016. Durante...

Leia mais

Como funcionam os cupons de desconto?

Por bookess | Postado em Comunicados | em 01-12-2010

Tags:, , ,

8

Caro(s) autor(es),

É com muita satisfação que trazemos mais uma novidade para vocês. Como todos sabemos, a divulgação do livro é muito importante para que ele tenha sucesso e seja reconhecido. Você sempre divulga seus livros principalmente para seus amigos, conhecidos e também em redes sociais como o Orkut e Facebook e também no Twitter, não é mesmo?

Como a Bookess não pára de inovar, estamos lançando mais uma maneira para contribuir com o autor na divulgação de seu livro: o cupom-desconto.

Agora o autor já pode criar descontos para seus livros digitais e/ou impressos.

Funciona assim:

Na página de edição de livros, você verá um novo link:

Basta clicar para ser apresentada a tela a seguir.

Você pode criar cupons para os dois formatos do seu livro, mas pode também, criar cupons apenas para um formato específico. Você está no controle!

Para você criar um cupom é simples! Informe apenas o percentual do desconto (que será calculado com base no seu lucro), a quantidade máxima de vendas que poderão ser efetivadas com este cupom e a data limite para expiração do mesmo. Viu como é simples?

E para saber mais sobre o marketing de seu livro, não deixe de consultar o Manual Bookess de Divulgação.

Mais novidades estão a caminho, aguardem!

Abraços,

Equipe Bookess

Entrevista com Regina Monge

Por bookess | Postado em Novidades | em 18-11-2010

Tags:, , , , , , , , , ,

119

Quem é Regina Monge? E o que você poderia nos contar sobre você?

Gostaria de dizer, antes de mais nada, que é um prazer poder conceder essa entrevista ao blog Bibliomania e compartilhar um pouco da minha vida com todos os leitores que por aqui passam.

Sou uma geminiana típica, com ascendente em Libra envolta nos mundo da comunicação e dos relacionamentos e sempre envolvida em várias coisas ao mesmo tempo, a curiosidade é a minha companheira do dia a dia.

Adoro a experimentação da mudança, conhecer pessoas, trocar experiências, novos lugares, novos pratos…, tenho 43 anos e nasci no interior de São Paulo, num dos menores municípios do Estado, a estância turística de Águas de São Pedro. Saí de lá aos 21 anos e vim para São Paulo, onde vivo até hoje.

Sou formada em Comunicação, com especialização em Propaganda e MBA em Marketing e trabalho, desde 1993 com essa atividade. Em 2009, finalizei um curso de extensão sobre História e Linguagem do Cinema, outra paixão, além da literatura e constituí minha própria agência, ainda em formação, e que requer toda a minha atenção neste momento. Para quem quiser visitá-la, o site éwww.vertscomunicacao.com.br

Para ler a entrevista completa, clique abaixo.

Livros e desenvolvimento

Por bookess | Postado em Novidades | em 04-11-2010

Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,

0

O Ministério da Cultura, através da Fundação Biblioteca Nacional, criou o Programa de Apoio à Tradução de Autores Brasileiros, cujo objetivo é ampliar a presença de escritores no mercado internacional. O Ministério dedicou R$364 mil para o Programa em 2010 a fim de incluir vários gêneros literários, autores menos conhecidos e de regiões diversas.

Estrangeiros de países diversos têm interesse em nossas expressões culturais, mas o idioma português é para muitos uma barreira intransponível. As traduções, portanto, despertam a curiosidade na nossa produção científica e ficcional.

É preciso realizar o sonho de um mundo em que os pequenos também tenham vez e exportar visões outras que as de meia dúzia de escritores privilegiados.

Quando aumenta a leitura de livros de nossos autores e o interesse dos estrangeiros no Brasil, eles vêm para cá e financiam o turismo, geram empregos no setor e anulam as impressões falsas que tinham dos brasileiros. Este programa governamental que incentiva a tradução de livros brasileiros financia também editoras estrangeiras que, por tabela, incluem outros escritores nacionais.

Estados Unidos e França divulgam suas culturas e fortalecem suas identidades nas artes visuais. Não é à toa que turistas brasileiros pagam caro e passam horas na fila do Consulado para sacar o visto de viagem.

As políticas do Ministério da Cultura para o setor editorial, portanto,é um serviço de divulgação do Brasil no exterior que, a médio e longo prazos, converte-se em ganhos para outros setores nacionais, como o turismo.

Toda a cadeia (produção, circulação e consumo) da indústria editorial aufere benefícios de um Programa como este, desde os direitos autorais do escritor até a publicidade da obra. A cultura é o esteio de políticas públicas em países que levam o ser humano a sério.

Bruno Peron Loureiro

www.brunoperon.com.br

As várias faces da (web) poesia

Por bookess | Postado em Novidades | em 28-10-2010

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

5

Questão inimaginável para gerações anteriores da poesia, o arquivamento da produção espalhada por sites, blogs e redes sociais hoje merece reflexão. Afinal, na década em que os diários virtuais se popularizaram no Brasil, boa parte dos versos disponibilizados online nunca chegou ao papel – um dos motivos pelos quais é tão pouco estudada a poesia feita na última década. “Torna-se difícil mapear a produção ciberpoética se não tivermos uma estratégia de preservação para arquivar o material que existe na internet”, diz o cearense Aquiles Alencar Brayner, curador do acervo latino-americano da British Library, no Reino Unido. Prestes a concluir mestrado sobre arquivos digitais, Brayner dará palestra a respeito na terceira edição do Simpoesia, encontro internacional que acontece do próximo dia 5 ao 7 na Casa das Rosas, em São Paulo.

Continue lendo abaixo.

Cartazes comunistas de incentivo à leitura (1917-1920)

Por bookess | Postado em Novidades | em 21-10-2010

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

1

Não é de hoje que os governos fazem campanhas de incentivo à leitura. Afinal, ter uma população ignorante e analfabeta não é bom para país nenhum. Prova disso são esses belos cartazes russos que datam da época da Guerra Civil Russa (1918-1922).

O estilo da propaganda comunista é facilmente identificável. Os quatro primeiros são da página da Biblioteca Pública de Nova York, onde você pode conferir diversos  outros posters do período. Já os dois últimos selecionei de um incrível acervo de propagandas da URSS, que abrange de 1917 a 1991. Quem gosta de história vai adorar. Quem gosta de ler também.

Não deixe de conferir nossa seção de propagandas de leitura e também nossas curiosidades literárias. Clique abaixo para ver as imagens e descrições.

Autopublicação de sucesso!

Por bookess | Postado em Dicas | em 29-09-2010

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

6

Entre as iniciativas mais frequentes, e antigas, para promover um livro, a Bookess destaca as de maior impacto para a maioria dos escritores: a apresentação do livro e o envio de releases à imprensa especializada. Neste post vamos acompanhar um autor fictício que escolheu ambas as hipóteses para apresentar a sua obra ao mundo. Ainda que não estivesse familiarizado com o mundo da comunicação, e sem muitos contactos com jornalistas, não tinha nada a perder e pôs mãos à obra. Quando planejou o que fazer, decidiu começar pelo lançamento e, assim que todos os pormenores estivessem combinados, faria os contactos com a imprensa.

Clique para continuar lendo.