Mario Pirata
Desde Março de 2011.
Escreveu 4 livros.

Minha Estante

Quem segue Mario (18)

Célio Roberto Guilherme Peixoto Gian Felipe Samuel Marcos Klever Cavalcanti Ricardo Alcantara Edmilson Pontes Karen Lopes Hamynthas Mathnatha Imortais Trilogia Vagner Penna Idelfranio Fauno Mendonça Jaqueline Lourenço Antonio Carlos Roberto Nunes
veja todos »

Nome

Mario Pirata

Quem sou eu?

Poeta, brincadeiro. "Marmanjo fantasioso, encantador de histórias, falador de poemas, descatador de caramujos, fazedor de miudezas, descascador de sonhares". Nasceu em Porto Alegre. Cursou Filosofia na Universidade Federal do RS. Participou de cursos na área de dança, teatro, música. Freqüentou cursos de psicomotricidade e recreação terapêutica. Começou escrevendo folhetos, fazendo parte da “geração mimeógrafo” dos anos 70. Vem dedicando-se à educação, brincando com crianças, conversando com adolescentes e adultos, apresentando-se em teatros, feiras, congressos, praças, instituições, espaços culturais diversos com a “AULA-ESPETÁCULO RODA DE POESIA”. Mario já foi patrono e padrinho em inúmeras feiras de escolas e estabelecimentos de ensino, assim como nas cidades de Mariana Pimentel, Camaquã, Alvorada, Arambaré, Tapes, Gravataí, Triunfo, Estância Velha, Novo Hamburgo, Arroio dos Ratos, Minas do Leão, Sertão Santana, Anta Gorda, Santa Cruz do Sul, Rio Pardo, Vera Cruz, Canoas, Guaíba, Torres, Cachoeirinha, Chuvisca. Também realizou “MACUNAIMANDO”, com o músico Marcelo Fornazier, “SEXTA EM VERSO” e “MAIS DO QUE NUNCA POESIA”, com a atriz e diretora Deborah Finocchiaro, e “QUANDO A POESIA CANTA”, com a compositora e intérprete Karine Cunha. Participou de inúmeros saraus e encontros de poesia. Realiza oficinas de criatividade, onde o trabalho está voltado para o desenvolvimento da linguagem, sinalizando o caminho do professor para o universo da educação. Tem doze livros publicados, participações em antologias e publicações diversas, como as agendas “Livro da Tribo”. Escreveu “O cavaleiro da mão-de-fogo”, “Arca de Noel”, “O Auto de Natal do Abelardo”, além do texto “O Cisne”, respectivamente, para o grupo de teatro de bonecos A Caixa do Elefante, de Porto Alegre, e para o grupo Entre Linhas, de Novo Hamburgo. Integra o coletivo de poetas realizador dos eventos PORTOPOESIA e PORTO ALEGRE DÁ POESIA.

Redes sociais

Não informado

Interesses e Hobbies

arte, bem-estar, encantamento.

Livros que gosto

Os que me fazem voar.

Site pessoal


escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em