• Autor(es): Samuel Marcos
  • Visualizações: 44653
  • Revisão 10
  • Publicado: 24/08/2009
  • Atualizado: 03/04/2019
  • Situação: Completo
  • Páginas: 65
  • Categoria: Mistério e Suspense
  • Licença: Copyright
  •   46 consideram favorito
  •   23 Já leram
  •   5 estão lendo
  •   2 estão relendo
  •   24 Pretendem ler
  •   2 possuem um
  •   11 desejam ganhar

Contos da Meia-Noite - a Maldição da Floresta

Compartilhar

Sinopse

Três jovens que estavam voltando para a casa de uma festa em outra cidade são obrigados a procurar por abrigo em uma noite de tempestade no meio de uma floresta sombria e assustadora. Eles encontram uma cabana abandonada no meio da floresta e lá se abrigam. Era quase meia-noite e uma idéia, a principio, emocionante acaba causando vários acontecimentos inexplicáveis.

Últimos comentários (registre-se para comentar)

disse
Nenhum comentário cadastrado.
43 no totalComentários anteriores  

mostrar todasÚltima Resenha

Apesar da obra : Contos da Meia-Noite - a Maldição da Floresta, estar inserida na categoria de Mistério & Suspense, é um trabalho que se ater-se nas entrelinhas das últimas partes, após a leitura, perceberá a forte mensagem da psicologia social, onde a influência de más escolhas podem gerar o medo colectivo.
No início é uma bem estruturada história de onde o suspense faz o leitor saltar através dos sustos dos personagens, Antony, Alice e Jhony, mas notando bem a media que o medo e a confusão aloja-se na mente de cada um dos personagens dando lugar ao medo, uns vão influenciando aos outros. O interessante é que dentro da história, nascem mais quatro histórias, três advindas d'um desafio eleitas para haver distracção e relaxamento em um cenário que dados o estado emocional dos personagens estava pincelada em tons macabros e a quarta do resumo e junção das três e a principal, culminando brilhantemente a um final que deixa o leitor entre o aliviado de ter saído todos bem e a desconfiança baseada naquela ligeira sensação de ficou algo no ar, pronto para saltar nas gargantas despreparadas.
O que mais chamou minha atenção foi a mensagem impressiva de que temos que ter imenso cuidado naquilo que permitimos que nossos cérebros criem e o que priorizamos para ver, ouvir ou falar, como está escrito na palavra sagrada: "Há poder em tuas palavras de bênçãos ou maldições".Como não temos a certeza do que é realidade ou ficção, facto de que nada se é realmente comprovado, acredito na força do que permitimos vir a luz da existência através das nossas palavras e crenças. Por tanto ter sabedoria no que faz-se ou fala é normalmente a principal arma para preservar a vida.
Contos da Meia-Noite - a Maldição da Floresta, é uma obra que merece ser lida, apreciada sem rótulos, com a mente aberta e o que dele aprende-se reestruturarmos as escolhas futuras.
Meu abraço fraterno ao autor Samuel Marcos e congratulações pelo dom seu latente dom da escrita .
Editora Origens Editora Origens
em 30/11/2011 às 14:36h

 

  O autor disponibilizou uma prévia gratuita do livro, que vai da página 1 à 20.

escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em