• Autor(es): Zoltan Paulinyi
  • Visualizações: 1998
  • Revisão 4
  • Publicado: 15/02/2015
  • Atualizado: 10/03/2015
  • Situação: Completo
  • Páginas: 317
  • Categoria: Referências
  • Licença:
  •   0 consideram favorito
  •   0 Já leram
  •   0 estão lendo
  •   0 estão relendo
  •   0 Pretendem ler
  •   0 possuem um
  •   0 desejam ganhar
 

Aplicação de Divergências Postulares na Composição Musical

Compartilhar

Sinopse

Avanços em: calologia musical, oni-intervalaridade, onicontornidade, oni-tricordalidade (onimicromodalidade), espacialização sonora, fonologia vetorial, notação.
RESUMO. A partir do século XX, a teoria musical desenvolveu-se rapidamente incorporando premissas que não sofreram suficiente reflexão acadêmica. Este estudo objetiva delimitar a validade de alguns destes axiomas e aplicá-los em composição de obras originais. Os principais axiomas tratam da inversão melódica, harmônica e fonética, da equivalência de oitavas heptatônicas, da teoria de contornos, da retificação de algoritmos oni-intervalares, da espacialização sonora, da objetividade de critérios estéticos na própria escrita musical. Defende-se a tese de que axiomas divergentes podem ser combinados numa mesma obra sem ferir sua integridade ou coerência, sendo necessário utilizá-los dentro de seus domínios de validade: e.g. alturas e intervalos em melodia, classes de alturas e de intervalos em harmonia. Os principais produtos desta tese são composições que utilizam estruturalmente a oni-intervalaridade, onicontornidade e onimicromodalidade, além de obras vocais que aplicam operações apofônicas de inversão e retrogradação da fonologia vetorial.

Últimos comentários (registre-se para comentar)

disse
Nenhum comentário cadastrado.

mostrar todasÚltima Resenha


Nenhuma resenha cadastrada.

escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em