• Autor(es): Carlos Assunção
  • Visualizações: 732
  • Revisão 1
  • Publicado: 15/12/2015
  • Atualizado: 15/12/2015
  • Situação: Redigindo
  • Páginas: 19
  • Categoria: Artesanato
  • Licença:
  •   0 consideram favorito
  •   0 Já leram
  •   0 estão lendo
  •   0 estão relendo
  •   0 Pretendem ler
  •   0 possuem um
  •   0 desejam ganhar
Compartilhar

Sinopse

A técnica de “funilaria artesanal” conhecida como martelinho de ouro, tem uma história e
uma evolução. É a transformação da funilaria automotiva Na época que as fabricas de automóveis
eram mais rústica e menos automatizada do que é hoje, as ondulações da chapa eram niveladas com a
aplicação de material sobre os amassados que danificavam do manuseio, na fabricação, e da
montagem das peças, material este, que não poderia ser a “massa plástica”, pois correria o risco de se
soltar com a torção das carrocerias. Com isso foi adotado o “estanho” que era derretido em cima dos
amassados e das imperfeições, necessitando do lixamento para nivelar a chapa, ou era utilizado a
grosa, para nivelar a peça.
Usava-se o estanho pois era de fácil nivelamento, não se soltava e não dava infiltração, portanto
reunia todas as vantagens, em comparação com a massa plástica.

Últimos comentários (registre-se para comentar)

disse
Nenhum comentário cadastrado.

mostrar todasÚltima Resenha


Nenhuma resenha cadastrada.

escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em