• Autor(es): João José
  • Visualizações: 644
  • Revisão 1
  • Publicado: 03/10/2016
  • Atualizado: 05/10/2016
  • Situação: Completo
  • Páginas: 70
  • Categoria: Poesias e Poemas
  • Licença:
  •   0 consideram favorito
  •   0 Já leram
  •   0 estão lendo
  •   0 estão relendo
  •   0 Pretendem ler
  •   0 possuem um
  •   0 desejam ganhar
 

Palavras ao Infinito!

Compartilhar

Sinopse

Poema!



Meu poema não tem endereço certo,
Falo o que penso, escrevo o que acho,
As letras me fascinam e me ensinam,
Me chegam das mais variadas essências,
Nunca se obrigaram a serem escritas,
Sempre esperaram o dedilhar de meus dedos,
E a cada uma que junto um poema se cria.

Não escrevo diretamente para ninguém,
Mas de forma geral para todos que gostem,
Nunca sigo formulas ou regras ou temas,
Para mim poemas não são dilemas, teoremas,
É verdade que seja vício, necessidade suprema,
Algo como respirar, tomar sol, sentir o vento,
Porem nada de que me sinta prisioneiro!

Últimos comentários (registre-se para comentar)

disse
Nenhum comentário cadastrado.

mostrar todasÚltima Resenha


Nenhuma resenha cadastrada.
 

  O autor disponibilizou uma prévia gratuita do livro, que vai da página 1 à 20.

escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em