• Autor(es): Suelen Queiroz
  • Visualizações: 81
  • Revisão 26
  • Publicado: 20/11/2017
  • Atualizado: 07/12/2017
  • Situação: Redigindo
  • Páginas: 33
  • Categoria: Poesias e Poemas
  • Licença: Copyright
  •   0 consideram favorito
  •   0 Já leram
  •   0 estão lendo
  •   0 estão relendo
  •   0 Pretendem ler
  •   0 possuem um
  •   0 desejam ganhar
Compartilhar

Sinopse

As aves que aqui gorjeiam marcam a canção dos excluídos.
As correntes dos escravos inundam nossos ouvidos
com as queimaduras dos que têm dedos pobres
esquecidos pelos Senhores do seu tempo.
Nós desejamos as páginas para reviver as grandes conquistas da América? Os poemas são o espelho das emoções em toda a gama de sentimentos que experimentou: desde as primeiras emoções da infância na periferia de Curitiba em um Brasil vibrante com sensualidade até as lágrimas da militância contra o racismo. Essa escolha não é apenas de poemas bonitos, mas do caos do conflito da formação da identidade brasileira. É também a biografia poética de uma entidade excepcional da religião de matriz africana que se comunicou com todos aqueles que se aproximaram dela, num intenso impulso carismático. É o registro do verso e da cor de uma mulher que também se comunicou com as flores, os pássaros, o oceano, as grandes navegações do século XV, as catedrais de sangue e os objetos mais humildes.
Então, esses poemas são a essência da poesia e a própria essência da liberdade: Nos cadernos da escola pública,
nas cores da bandeira da República,
na areia da praia.
Escrevo seu nome.

Últimos comentários (registre-se para comentar)

disse
Nenhum comentário cadastrado.

mostrar todasÚltima Resenha


Nenhuma resenha cadastrada.

escrito por
Sinopse

...

 Versão Mobile
ou  
Veja mais em